Vereadores se reúnem para discutir Plano de Carreira da Educação

por Assessoria de Comunicação publicado 15/03/2016 09h37, última modificação 15/03/2016 09h37
15/03/2016

Os Vereadores da Câmara Municipal de Viçosa se reuniram com representantes do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE) de Viçosa para falar sobre a recomposição salarial e sobre o Plano de Cargos e Salários dos Trabalhadores da Educação. Na segunda-feira (07), a Comissão de Finanças e Orçamento da Casa e a Presidente da Câmara, Vereadora Marilange Santana Pinto Coelho Ferreira, receberam, além de membros do Sindicato, a Secretária Municipal de Finanças, Eloísa Helena de Souza Duarte. Já na tarde de terça-feira (08), todos os Parlamentares foram convidados para debater a questão.

De acordo com Paulo Grossi, Coordenador Geral do Sind-UTE Viçosa, a ideia da reunião foi para pedir apoio aos Vereadores na cobrança da chegada do Plano na Casa. Paulo informou que, para isso, é necessária a inclusão da tabela que dispõe sobre a recomposição salarial dos servidores. No entanto, estes valores ainda não foram finalizados e entregues para apreciação do Sindicato.

Na reunião de segunda-feira, o Presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, Vereador Marcos Nunes (PT), e o Vereador Geraldo Luis Andrade (Geraldão) (PTB), membro da Comissão, discutiram com a Secretária de Finanças e com Presidente da Câmara, além de membros do Sindicato, sobre a situação financeira para a recomposição salarial. Foi acordado que outra reunião entre o Executivo e a categoria aconteceria na quarta-feira (09) para apresentação da proposta dos valores. De acordo com o Sindicato, essa reunião foi desmarcada.

Já no encontro realizado na terça-feira, participaram os Vereadores Geraldo Deusdedit Cardoso (Geraldinho da Violeira) (PSDC), Geraldão, Helder Evangelista (Cherinho) (PHS), Secretário da Mesa Diretora, Idelmino Ronivon (Professor Idelmino) (PCdoB), Presidente da Comissão de Educação, Ciência e Inovação, João Januário Ladeira (João Josino) (PR), Lidson Lehner (PR), Marcos Nunes, Marilange e Paulo Roberto Cabral (Paulinho Brasília) (PPS). Neste momento o Sind-UTE solicitou que os Vereadores pudessem reforçar o pedido de chegada do Plano o quanto antes.

Durante a reunião Ordinária realizada no mesmo dia os Vereadores oficializaram o pedido, por meio da Indicação n° 104/2016, assinada por todos os Parlamentares. No documento os Vereadores solicitam ao Prefeito Municipal Ângelo Chequer, que encaminhe a Casa o Plano de Cargos Carreira dos Trabalhadores da Educação, pedindo que seja verificada a possibilidade de que o projeto seja encaminhado até o dia 16 de março, considerando a urgência da apreciação e aprovação.

A Presidente da Câmara, Vereadora Marilange, reforçou o compromisso da Casa em apoiar e cobrar junto ao Executivo para que este documento seja aprovado em tempo hábil. “Como Vereadora e servidora da Educação, reforço aqui à importância da aprovação do Plano o quanto antes. Pedimos então ao Executivo que atenda a nossa solicitação”, salientou.

O Sind-UTE informou também que na quarta-feira (09) foi decidido em Assembleia a paralização nos dias 15, 16 e 17 de março, acompanhando o movimento nacional, e que no dia 17 será realizado outra Assembleia para discutir a proposta do Plano, ou, caso este não tenha sido entregue, a continuação ou não da greve.  

Texto: Anna Gabriela Motta

 

Foto: Mônica Bernardi

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.