Câmara autoriza abertura de crédito para construção de creche

por Assessoria de Comunicação publicado 17/04/2017 15h25, última modificação 17/04/2017 15h25
17/04/2018

O espaço da Associação Esportiva Viçosense (AEV) voltou a ser discutido na Câmara na reunião Ordinária da terça-feira (11), em fala na Tribuna Livre e manifestação de vereadores. O Vereador Geraldo Luís Andrade (Geraldão), Presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, usou a tribuna para relatar uma reunião com o Executivo, onde um acordo foi feito para transformar a AEV em um espaço-modelo para prática de esportes. Geraldão requereu, ainda, uma Audiência Pública, com data a ser definida, para debater e detalhar o uso do complexo esportivo e sua reforma.

Em discussão ao Projeto nº 009/2017, que voltou para 2ª Votação após sobrestamento, Geraldão se manifestou favorável à abertura de crédito ao orçamento vigente para construção de creche na AEV, mas ressaltou que é necessário ter cautela na definição do local. “Voto para que aprovemos a matéria, mas que fique um alerta ao Executivo de que, no futuro, teremos ainda mais critérios para esse tipo de projeto”.

O Vereador Helder Evangelista (Cherinho) (PTC), Vice-Presidente da Casa Legislativa, afirmou que seria contrário à implantação da creche na AEV se o município tivesse outro terreno nas mesmas condições: “temos que entender a realidade que vivemos e não podemos perder essa creche”. Em aparte, o Vereador Raimundo Guimarães (PSDB) pontuou que “se não for na AEV, o sonho do povo do Santa Clara será perdido”.

Os Vereadores Idelmino Ronivon da Silva (Professor Idelmino) (PCdoB) e Sávio José (PT), favoráveis à creche na região do Santa Clara, manifestaram novamente insatisfação com a escolha do terreno. Idelmino disse que "tem pesar caso a construção seja feita na única área municipal institucionalizada para a prática de esportes”.

O assunto também foi discutido na Tribuna Livre, pelo educador físico Kleber Picanço. Kleber falou sobre a preocupação com a perda de espaço esportivo e também de questões técnicas da reforma do complexo: “A AEV não possui quadra com padrão para receber competições oficias, é preciso verificar se na reestruturação isso será observado”, disse.

O Projeto nº 009/2017 foi aprovado e recebeu dispensa da 3ª votação, seguindo para correções do Executivo.

Texto: Cleomar Marin

Revisão e foto: Mônica Bernardi

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.