Vereador busca esclarecimentos sobre relatório da Anatel

por Assessoria de Comunicação publicado 28/06/2017 09h32, última modificação 28/06/2017 09h32
28/06/2017

Na quinta-feira (22) o vereador Helder Evangelista (Cherinho) (PTC) da Câmara Municipal, Vice-Presidente da Câmara Municipal, voltou à Regional Estadual da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel/MG), em Belo Horizonte, para buscar esclarecimentos sobre relatório enviado à Casa legislativa, por solicitação do vereador, que trata da medição de radiação não ionizante emitida por antenas e transmissores de telefonia. Na terça-feira (27), durante a reunião da Câmara, Helder solicitou que seja enviada Moção de Congratulações ao Gerente Regional da Anatel/MG, Hermann Bergmann, e também ao Diretor de Relações Institucionais da Oi, Marcos Borges, pelo empenho na instalação de telefonia em conjuntos habitacionais do município.

O Vereador Helder e o Assessor de Relações Institucionais da Câmara, Wagner Rosado, foram recebidos na Anatel/MG pelo Gerente Regional e por técnicos responsáveis pelo estudo. Segundo o vereador, o relatório foi demandado devido às queixas das operadoras de telefonia móvel sobre a legislação municipal, que regulamenta a instalação de novas antenas na área urbana, e à preocupação de moradores com a radiação dos equipamentos.

De acordo com o relatório, que registrou a emissão de radiação em mais de dois mil pontos de Viçosa, os valores encontrados não oferecem risco à população por estarem muito abaixo dos limites estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde. De acordo com a OMS, não há evidências de que a exposição humana a campos eletromagnéticos cause danos à saúde, desde que estejam dentro dos parâmetros determinados.

O parlamentar destacou que os técnicos foram convidados a participar, no próximo semestre, de uma reunião com vereadores na Casa para dar mais esclarecimentos sobre a questão. “Muito importante agradecermos a disponibilidade da Anatel/MG em atender nossas solicitações e por aceitar vir até Viçosa, em agosto, para fomentar ainda mais essa discussão”, disse.

 

Texto: Cleomar Marin

Revisão: Mônica Bernardi

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.