Vereadores dão vistas ao Projeto de reajuste dos servidores

por Assessoria de Comunicação publicado 09/08/2017 16h23, última modificação 09/08/2017 16h23
08/08/2017

O Projeto de Lei nº 027/2017, de autoria do Prefeito Municipal, que dispõe sobre a revisão dos vencimentos dos servidores públicos municipais para o ano de 2017, recebeu pedido de vistas durante a reunião Ordinária da terça-feira (08). O pedido, feito pelo Vereador Helder Evangelista (Cherinho) (PTC), Vice-Presidente da Casa Legislativa, foi acatado pelos parlamentares. O Sindicato dos Funcionários da Prefeitura Municipal de Viçosa (SINFUP), por intermédio de seu advogado no uso da Tribuna Livre, solicitou que o Projeto fosse sobrestado.

O Vereador Helder fez o pedido de vistas em concordância com o Presidente da Câmara, Vereador Carlitos Alves dos Santos (Meio Kilo) (PSDB), Vereador Arlindo Antônio Carneiro (Montanha) (PSDB), Vereadora Brenda Santunioni (PP) e Vereador Ronildo Antônio Ferreira (Dj Ronny) (PSC). Segundo Helder, a medida permitirá a proposição de emenda ao Projeto, a fim de desmembrar o reajuste dos servidores administrativos do reajuste dos servidores da Educação, representados pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG): “dessa forma, a votação da área da Educação pode ser feita na semana que vem, porque já existe um consenso entre a Educação e o Executivo”, afirmou.

O advogado do SINFUP, Eder Benevides, voltou a manifestar o pedido do Sindicato pelo sobrestamento do projeto e a não concordância com os 3% de reajuste oferecido pela administração municipal. “O Executivo tenta repassar a ideia da necessidade de arrocho salarial em decorrência da crise. Ocorre que a análise das contas implica em constatação da possibilidade de concessão de reajuste maior que o ofertado”, disse.

Com o pedido de vistas aprovado, o Projeto de Lei nº 027/2017 deve receber emenda supressiva durante a semana e entrar novamente para primeira votação na próxima reunião Ordinária.

Texto: Cleomar Marin

Revisão e foto: Mônica Bernardes

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.