Parlamentares Idosos tomam posse na Câmara

por Assessoria de Comunicação publicado 07/02/2018 10h52, última modificação 07/02/2018 10h52

Aconteceu durante a Reunião Ordinária da terça-feira (06), que abriu o ano parlamentar de 2018, a posse oficial dos vereadores escolhidos para o Projeto “Parlamento do Idoso”. Os novos parlamentares, titulares e suplentes, fizeram o juramento e foram oficialmente empossados pelo Presidente da Casa Legislativa, Vereador Carlitos Alves dos Santos (Meio Kilo) (PSDB), para exercer o mandato nos próximos dez meses. O projeto é da Escola do Legislativo da Câmara, que tem como Coordenador Geral o Vereador Geraldo Luís Andrade (Geraldão) (PTB) e como Coordenador Técnico o Vereador Antônio Elias Cardoso (Tuim) (PTB).

O Parlamento do Idoso foi idealizado em 2012, em projeto de resolução de autoria da ex-Vereadora Cristina Fontes, e teve sua implantação retomada pela Escola do Legislativo no ano passado, com a escolha da primeira turma. Entidades representativas dos idosos foram responsáveis por indicar os nomes que ocupam agora as 15 cadeiras titulares e seus suplentes do novo parlamento: Creuza Batista e Aparecida Rodrigues, pelo Programa Municipal da Terceira Idade (PMTI); Denise Costa e Zaneta do Amparo, pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS); Francisco Gomes e Maria Ângela Gomes, pelo PMTI; Gesilda França e Luzia de Castro, pela Pastoral do Idoso; José Rodrigues e José Antônio de Oliveira, pelo Lar dos Velhinhos; José Francisco Lino e Santina Guimarães, pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS Sul); Luiz Carlos Silva e Adão da Rocha, pelo PMTI; Maria Aparecida da Cunha e Silvia Maria Otomar, pela Pastoral do Idoso; Maria da Glória Ramos, pelo PMTI; Maria José Apolinário e José Bruno Ferreira, pela Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP); Maria Hermínia Custódio e José Francisco de Souza, pelo PMTI; Norivaldo Silva, pela Seção Sindical dos Docentes da UFV (ASPUV); Oséas Amorim e Maria Bárbara de Barros, pelo CRAS Norte; Rita de Cássia Villar e Carlos Alberto Reis, pela Associação dos Portadores de Necessidades Especiais de Viçosa (APONE). Uma cadeira está vaga e deve ser preenchida em breve, assim como duas das vagas para suplência.

O Coordenador Geral da Escola, Geraldão, falou da trajetória do projeto e da importância da inclusão de todos os cidadãos para a democracia: “essa iniciativa preza pela participação de pessoas que sabem o que passaram e têm noção do que irão passar caso não tenhamos uma reviravolta nesse quadro de pouca atenção aos idosos”, disse. Para o Vereador Antônio Elias, que exerce pela primeira vez uma função direta na Escola do Legislativo, o Parlamento do Idoso já é o resultado de um excelente trabalho feito pela Câmara: “a experiência e a sabedoria dos idosos vai somar ao mandato de cada vereador. É um fortalecimento para a defesa de políticas públicas a favor de todos nós cidadãos, que também seremos idosos.”.

Depois de empossados os novos parlamentares, o Presidente Carlitos parabenizou os idosos pela participação no projeto, e desejou um ano parlamentar de grandes sucessos e muita responsabilidade. De acordo com o Regimento Interno do projeto, os vereadores idosos irão se reunir no Plenário, às quartas-feiras a cada quinze dias, com o objetivo de discutir políticas públicas para essa parcela da população. Eles terão o apoio de todos os vereadores convencionais.

Texto e foto: Cleomar Marin

Revisão: Mônica Bernardi

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.