Vereador solicita relatórios de arrecadação do terminal rodoviário

por Assessoria de Comunicação publicado 28/03/2018 14h53, última modificação 28/03/2018 14h53

O Vereador Idelmino Ronivon da Silva (Professor Idelmino) (PCdoB) voltou a solicitar ao Executivo que envie à Casa Legislativa cópia das planilhas de controle de utilização dos banheiros da rodoviária e dos relatórios das taxas de embarque das empresas de transporte coletivo intermunicipal que operam no terminal, a fim de fiscalizar os valores arrecadados entre janeiro de 2015 e fevereiro desse ano. As Indicações nº 126 e 127/2018, aprovadas na reunião Ordinária da terça-feira (27), reforçam o pedido feito pelo Professor Idelmino em indicação apresentada no mês passado.

Na Indicação nº 126/2018, Professor Idelmino solicita as planilhas de controle diário da utilização dos banheiros do terminal rodoviário, que demonstram o número de pessoas que fazem uso das instalações e o valor arrecadado por dia. No documento nº 127/2018, a solicitação é dos relatórios das taxas de embarque, onde constam os valores arrecadados pelas empresas a cada mês. Ambas solicitam os extratos que comprovam que os recursos foram depositados na conta do Município desde 01 janeiro de 2015 até 20 de fevereiro de 2018. “O principal objetivo é fiscalizar se as taxas estão realmente sendo repassadas para o Município”, justificou.

O vereador relembrou que, no final de 2013, foi instalada na Casa Legislativa uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), presidida por ele, para averiguar indícios de que os valores das taxas cobradas no terminal rodoviário não estavam sendo totalmente depositados para o Município. Na ocasião, sete agentes municipais, entre eles o então Prefeito Celito Sari, foram responsabilizados por improbidade administrativa na gestão da rodoviária.

 

Texto: Cleomar Marin

Revisão e foto: Mônica Bernardi

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.