Vereadores criticam Executivo sobre serviços municipais

por Assessoria de Comunicação publicado 04/04/2018 14h38, última modificação 04/04/2018 14h38

A execução dos serviços de limpeza, o abastecimento de água no Município e o comércio ambulante foram assuntos de destaque nas manifestações dos vereadores ao longo da reunião Ordinária da terça-feira (03). Os parlamentares fizeram críticas ao SAAE/Viçosa (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) e pediram mais rigor do Executivo com as pastas de Obras e Serviços Públicos e de Desenvolvimento.

Os vereadores solicitaram capina e limpeza de diversas regiões da cidade. O Vereador Helder Evangelista (Cherinho) (PTC), Vice-Presidente da Casa Legislativa, questionou a precisão do cronograma de limpeza do Município. De acordo com o documento, a execução do serviço em regiões como Morada do Sol, Santa Clara e Sol Nascente foi feita em fevereiro, mas, segundo imagens apresentadas por Helder, a equipe esteve nos locais mas não completou a limpeza.  “A população não merece isso. Peço ao SAAE que reveja o cronograma que está totalmente errado”, pediu. “Em muitas ruas o mato tomou conta. Há casos de pessoas que foram atacadas por cobra por causa da vegetação alta”, denunciou o Vereador Ronildo Antônio Ferreira (DJ Ronny) (PSC).

Durante a semana, o Vereador Paulo Sérgio (Toti) (PRTB) realizou vistorias nos reservatórios de água do Município. Conforme fotos apresentadas durante a reunião Ordinária, as caixas d’água mostram manchas e até mesmo rachaduras, indicando infiltrações e vazamentos. “Será que é por isso que pagamos contas de água tão altas?”, questionou. Preocupado com a perda de água tratada, Paulo Sérgio afirmou que vai questionar o SAAE sobre a taxa de desperdício. “A situação é preocupante”, afirmou.

A Vereadora Brenda Santunioni (Progressistas) se disse “reticente com o amadorismo da Prefeitura de Viçosa”. Para a parlamentar, é necessário mais severidade com as chefias: “se o funcionário com cargo de confiança não está rendendo mais, mande embora. Os funcionários de carreira estão esperando um bom comando”, disse. Brenda apresentou ainda a Indicação nº 147/2018, em que solicita ações da Secretaria Municipal de Desenvolvimento para a organização e formalização da atividade de vendedores ambulantes na cidade. “tantas cidades têm centros para eles trabalharem dentro da legalidade. O desemprego está terrível, vamos formalizar essa parte da economia”.

 

Texto: Cleomar Marin

Revisão e foto: Mônica Bernardi

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.