Plano Diretor é devolvido ao Executivo Municipal

por Assessoria de Comunicação publicado 12/09/2018 10h50, última modificação 12/09/2018 11h17

O Presidente da Câmara Municipal, Vereador Carlitos Alves dos Santos (Meio Kilo) (PSDB), comunicou a devolução do Plano Diretor ao Poder Executivo, após reunião realizada com os parlamentares da Casa na segunda-feira (10). A declaração dada durante a reunião Ordinária da terça-feira (11), foi justificada pela Mesa Diretora devido a sua preocupação com os impactos da aprovação do Plano para a cidade, principalmente com relação aos pequenos empreendedores.

Para o Presidente Carlitos “como presidente da Câmara, preciso ter uma responsabilidade a mais com a população de Viçosa, sendo assim me sinto muito confortável para devolver esse projeto, é necessário muita convicção para sua aprovação, pois uma vez aprovado deve beneficiar todos os cidadãos da cidade, sem distinção". Carlitos ainda denunciou a situação da Universidade Federal de Viçosa (UFV), afirmando que “dentro da área da UFV as construções não respeitam as regras do Instituto de Planejamento do Município (IPLAM), não apresentam regras próprias, não passam pelo Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente (Codema), e tenho certeza que existem prédios construídos em áreas de preservação permanente”. O Vice-Presidente da Casa Legislativa, Vereador Helder Evangelista (Cherinho) (PTC) reforçou a preocupação do Presidente “o Plano contempla a cidade mas existem várias coisas que precisam ser alteradas, não podemos ser irresponsáveis e prejudicar outras pessoas, não que o plano tivesse esse objetivo, mas existem questões fora da realidade de um município não planejado como Viçosa.”

Já o Vereador Idelmino Ronivon (Professor Idelmino) (PCdoB) demonstrou preocupação com a demora na aprovação do Plano, pois segundo ele “a falta de um Plano vigente pode prejudicar o Município em algumas questões administrativas e financeiras”. A Vereadora Brenda Santunioni (Progressistas) seguiu na mesma linha “respeito a direção da Casa, mas estou triste pela retirada”, disse.

 

 

Texto: Igor Gama

Revisão e foto: Mônica Bernardi

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.