Situação dos catadores é debatida na Câmara

por Assessoria de Comunicação publicado 08/08/2018 11h40, última modificação 08/08/2018 11h40

Durante a reunião Ordinária da terça-feira (07), Selma Fátima Mirante, representante da Associação dos Trabalhadores da Usina de Triagem e Reciclagem de Viçosa (ACAMARE) e Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Viçosa (ACAT), e também do Fórum Lixo e Cidadania de Viçosa (FMLC), falou sobre a situação dos catadores de lixo do Município. Segundo ela, o objetivo de sua participação foi a busca por uma resposta sobre o tema, uma vez que membros dessas instituições esperam há algum tempo por uma resposta positiva sobre a contratação e remuneração desses profissionais pela Prefeitura Municipal.

De acordo com Selma as reivindicações apresentadas buscam apenas melhorar o quadro dos catadores “não queremos nada mais que nossos direitos, apenas ser vistos como gente, com possibilidade de trabalhar todos os dias”, disse.

Para o Vereador Sávio José (PT), membro do Fórum Municipal Lixo e Cidadania, “a fala da Selma, representa a dignidade e meio de sobrevivência dos catadores, além de sua contribuição para o meio ambiente”. Já o vereador Idelmino Ronivon (Professor Idelmino) (PCdoB), que também é membro do Fórum, disse esperar que na próxima reunião com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), seja possível firmar o convênio entre as partes, “devolvendo a dignidade a esses trabalhadores”.

Durante a reunião os Vereadores Antônio Elias Cardoso (Tuim) (PTB), Geraldo Luís Andrade (Geraldão) (PTB) e Sérgio Aloíso da Silva (Sérgio Construtor) (PSDC) se reuniram (foto) com os catadores para conhecer melhor suas reivindicações e buscar uma solução para o problema.

 

Texto: Igor Gama

Revisão e foto: Mônica Bernardi

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.