Vereadores aprovam o Projeto do novo Centro Administrativo da Prefeitura

por Assessoria de Comunicação publicado 30/06/2016 11h55, última modificação 30/06/2016 17h17
30/06/2016

Foi discutido, votado e aprovado por unanimidade em reunião Extraordinária, sem remuneração, realizada logo após a reunião Ordinária da terça-feira (28), o Projeto de Lei nº 038/2016, de autoria do Vereador Luis Eduardo Figueiredo Salgado (Cebolinha) (PRTB), 2º Secretário da Mesa Diretora, e Líder do Prefeito na Casa Legislativa, que dispõe sobre a nova sede administrativa da Prefeitura Municipal de Viçosa.

As obras de reforma de uma parte do antigo prédio do Colégio de Viçosa, realizadas em convênio com o Estado de Minas Gerais, estão orçadas em cerca de R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais). Com o novo centro a Prefeitura estima economizar mais de R$ 100.000,00 (cem mil reais) em alugueis por ano. O prédio ficou por um tempo abandonado e, segundo o Vereador Luis Eduardo: “Em depreciação à memória do povo Viçosense.”.

Com relação ao local que será situado o Centro Administrativo, o Vereador ainda enfatizou: “Para aqueles que aqui cresceram, sabem da estreita ligação que possui o Colégio de Viçosa com os valores históricos da nossa população.”, declarou.

A nova sede administrativa será denominada “Centro Administrativo Antônio Chequer”. Segundo Cebolinha: “O nome proposto é uma justa homenagem ao ex-Prefeito que teve um espírito altaneiro, empreendedor e de vanguarda.”.

Durante a discussão do projeto, o Vereador Geraldo Deusdedit Cardoso (Geraldinho Violeira) (PSDC) fez a sugestão de um plebiscito para decidir a nomeação. “Foram 34 nomes que passaram pela Prefeitura ao longo dessa história de 144 anos de emancipação política. Acho melhor o projeto ser avaliado pela comunidade. Nada contra a indicação do Vereador Luis Eduardo, mas respeitando as famílias de outros ex-prefeitos, acho que poderíamos permitir que a comunidade decida”. 

Para o Vereador Luis Eduardo, “Antônio Chequer foi aclamado pelo povo nas vezes que foi eleito como Vereador e Prefeito”. Ele reforçou, em sua fala, características valorosas do ex-prefeito. “Não tratar seus adversários como inimigos, o amor pelo ser humano, a forma amiga e respeitosa de conviver. Homem que morreu no exercício do amor a essa cidade. Teve falhas como todos nós, mas posso dizer que ele valorizou mais a cidade do que a sua própria vida.”

O Vereador Paulo Roberto Cabral (Paulinho Brasília) (PTC) sugeriu que dentro do prédio outros setores recebam nomes de ex-prefeitos da cidade. Aproveitando a discussão o Vereador Geraldo Luis Andrade (Geraldão) (PTB) endossou a fala de Paulinho Brasília e sugeriu que a Casa Legislativa possa adotar uma “metodologia para denominação”.

Texto: Lidiany Duarte

Foto: Anna Gabriela Motta

Revisão: Mônica Bernardi

error while rendering plone.comments