Comunicado sobre fechamento da UTI do HSJB é lido na Câmara

por Assessoria de Comunicação publicado 05/10/2016 12h09, última modificação 05/10/2016 12h09
05/10/2016

Foi lido, durante a reunião Ordinária da terça-feira (04), um comunicado sobre a atual situação da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital São João Batista (HSJB). No documento, endereçado à Presidência da Câmara Municipal, e demais autoridades e órgãos competentes, o Coordenador Médico da UTI/HSJB, Fernando Fonseca dos Reis, relata sucessivos atrasos nos pagamentos da equipe da Unidade. Além disso, o coordenador afirma que não houve, em 2016, o reajuste anual nos valores dos plantões, bem como o acerto de uma data para o pagamento dos devidos honorários.

Segundo o documento, “a despeito do descaso da Administração do HSJB com seu corpo clínico, os profissionais vêm cumprindo suas obrigações com comprometimento e responsabilidade [...] de forma a não causar prejuízos à população de Viçosa”. O comunicado informa ainda que a equipe médica da UTI formulou, em setembro, reivindicações e que, caso estas não sejam atendidas, a equipe médica da Unidade (coordenador, diaristas e plantonistas) encerrará suas atividades no dia 01 de novembro.

Repercutindo o comunicado, o Vereador Geraldo Deusdedit Cardoso (Geraldinho Violeira) (PSDC) afirmou, em sua fala na tribuna, que “saber que a UTI vai ser fechada é triste, uma vez que são políticas públicas que o município tem que tratar”.

Já para o Líder do Governo na Câmara, Vereador Geraldo Luis Andrade (Geraldão) (PTB), “mesmo sendo uma política pública de obrigação do Governo Federal, esse peso recai sobre a administração, e legislação, municipal”.

 

Texto e foto: Cleomar Marin

Revisão: Mônica Bernardi

error while rendering plone.comments