Vereadores falam sobre assalto à Delegacia da Polícia Civil

por Assessoria de Comunicação publicado 26/10/2016 17h14, última modificação 26/10/2016 17h14
26/10/2016

O Vereador Helder Evangelista (Cherinho) (PTC) usou a tribuna durante a reunião Ordinária da terça-feira (25) para falar sobre o assalto à Delegacia da Polícia Civil em Viçosa. O parlamentar, que desde o início do mês vem colhendo assinaturas da população para apoiar a instalação de uma Delegacia Regional da Polícia Civil na cidade, classificou o episódio como “irônico”.

Para o Vereador Helder, “nem a delegacia está sendo respeitada. Em uma cidade como Viçosa, é um absurdo não termos uma regional para plantão”. A Presidente da Câmara Municipal, Vereadora Marilange Santana Pinto Coelho Ferreira (PV), afirmou que a situação é vergonhosa e que o trabalho do Vereador não pode ser em vão. “É necessário que as autoridades entendam a necessidade da regional em Viçosa, em respeito ao cidadão que paga seus impostos e tem direito à segurança pública”.

O Vereador Helder já tem agenda marcada com o Chefe Adjunto da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, Delegado João Otacílho, para a quinta-feira (27), ocasião em que fará a entrega do abaixo-assinado.

Lixo

Helder ainda aproveitou para alertar a população sobre a situação do lixo jogado no Rio São Bartolomeu. Segundo o vereador, foram retirados do rio móveis como sofá e fogão. “Precisamos nos conscientizar com relação ao lixo jogado nas ruas e no rio, isso entope bueiros e pode causar diversos outros problemas”, declarou.

 

Texto: Cleomar Marin

Foto: Camila Santos

Revisão: Mônica Bernardi

error while rendering plone.comments