Vereador se reúne com IBGE para discutir população flutuante do município

por Assessoria de Comunicação publicado 05/12/2016 10h33, última modificação 05/12/2016 10h33
05/12/2016

O Vereador Idelmino Ronivon da Silva (Professor Idelmino) (PCdoB) se reuniu na manhã da segunda-feira (05) com representantes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para entender como é feita a classificação da população flutuante da cidade, que não é considerada para cálculo do repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e de outros recursos.

Idelmino foi recebido pela Chefe da Agência Viçosa do IBGE, Eliana Maria Araújo, e por técnicos do Instituto. Segundo o Vereador, a iniciativa é para “buscar alternativas, de acordo com a situação real do município, para o aumento de repasses financeiros baseado no número de habitantes”.

A estimativa mais recente, de julho de 2016, aponta que Viçosa possui 77.863 residentes, mas calcula-se que vivam na cidade cerca de 20 mil moradores flutuantes, estudantes da Universidade Federal e particulares. De acordo com o IBGE, o problema identificado pelo Vereador se repete em diversas outras cidades, e uma alteração nos critérios de contagem populacional depende de uma mudança a nível nacional.

 

Texto: Cleomar Marin

Foto: Wagner Rosado

Revisão: Mônica Bernardi

error while rendering plone.comments