Vereadora tem Projeto sobre Doulas aprovado

por Assessoria de Comunicação publicado 06/02/2019 16h50, última modificação 06/02/2019 17h28

O Projeto de Lei n° 068/2018 que institui às parturientes o direito de serem acompanhadas por Doula durante o período de parto e pós-parto na cidade de Viçosa, de autoria da Vereadora Brenda Santunioni (Progressistas), e que tem como coautores os vereadores Edenilson José de Oliveira (MDB) e Wallace Calderano (PSC), foi aprovado em 1ª votação, durante a primeira reunião Ordinária do ano, na terça-feira (05).

De acordo com o site da Associação Nacional de Doulas (ANDO), a palavra Doula tem origem grega e dá nome à mulheres capacitadas, sem necessariamente possuir formação médica, para oferecer apoio continuado a outras mulheres (e aos seus companheiros e/ou outros familiares), proporcionando conforto físico, apoio emocional e suporte cognitivo antes, durante e após o nascimento de seus filhos.

Até o momento foram realizadas reuniões com o Prefeito Municipal Ângelo Chequer (PSDB) e membros do Hospital São Sebastião (HSS) para debater o tema, além de uma visita dos autores do Projeto ao Hospital Sofia Feldman, em Belo Horizonte, referência nacional no trabalho com Doulas.

O Projeto estabelece que as maternidades e estabelecimentos hospitalares da rede pública e privada de Viçosa, ficam obrigados a permitir a presença de Doulas durante todo o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, sempre que solicitadas pela parturiente, sem ônus e vínculos empregatícios com os estabelecimentos citados.

Para a Vereadora Brenda o objetivo da ação é preencher as lacunas emocionais e afetivas em um momento de tanta importância e vulnerabilidade, “sempre defendi melhorias na questão da saúde em nosso Município, e além disso não é justo que as gestantes que recebem acompanhamento das Doulas durante toda a gravidez fiquem sem esse amparo no momento mais importante da gestação”, disse.

 

Texto: Igor Gama

Revisão e foto: Mônica Bernardi

error while rendering plone.comments