Parlamento Jovem Viçosa tem aula inaugural

por Assessoria de Comunicação publicado 18/03/2019 17h25, última modificação 19/03/2019 16h29

A Escola do Legislativo, da Câmara Municipal de Viçosa, promoveu na sexta-feira (15) a aula inaugural do Projeto Parlamento Jovem (PJ), edição 2019, que este ano traz como tema a “Discriminação Étnico-racial”.

Estiveram presentes aproximadamente 25 alunos representando as escolas estaduais Alice Loureiro, Doutor Raimundo Alves Torres (ESEDRAT), Raul de Leoni e José Lourenço de Freitas, que participaram da oficina facilitada pelo Coordenador Geral da Escola do Legislativo Vereador Geraldo Luís Andrade (Geraldão) (PTB) e pelo Coordenador Técnico da Escola Vereador Paulo Sérgio (Toti) (PRTB). A roda de conversa foi ministrada pelo Índio Ubé Kaiquiporam, Cacique do Tupã Carinopa da Tribo Crenack, e pela pertencente ao movimento negro, Tereza Ferreira (Terezinha). Também compôs a mesa a Professora de história Stella Maia de Faria, da escola Alice Loureiro.

Em sua fala, o Vereador Geraldão ressaltou a necessidade de promover esse tipo de debate no ambiente escolar, visto a invisibilidade que é enfrentada por esses povos no cotidiano. “São povos que carregaram o desenvolvimento do País, mas que não são devidamente reconhecidos. A proposta deste ano é muito pertinente já que, infelizmente, mesmo com a Constituição Federal prevendo a igualdade, essa não é a nossa realidade. Essa é, mais do que nunca, uma proposta que trata da população brasileira em sua integralidade”, disse.

Durante o debate, Ubé Kaiquiporam e Terezinha tiveram a oportunidade de expor suas vivências, experiências, lutas e preconceitos enfrentados em suas trajetórias. “Os nossos jovens negros ainda precisam de mais oportunidades nas áreas de educação, trabalho e saúde. Acredito que vocês não tenham consciência de como são inspiração para outros jovens”, disse Terezinha. Ubé ressaltou os desafios de ser indígena e não viver mais na aldeia, e a importância dos investimentos realizados pela Fundação Nacional do Índio (FUNAI) para seu povo. Ao fim da roda de conversa, Ubé se emocionou por ter a oportunidade de compartilhar suas vivências.

Segundo Geraldão, os alunos foram muito participativos. “Eles fizeram várias perguntas sobre a realidade dessas pessoas e também contaram as suas próprias experiências. É muito importante que esse tipo de discussão seja promovida mais vezes”, concluiu.

 

Polo Caparaó

PJ Viçosa recebe representantes das cidades do polo

 Na quinta-feira (14), o PJ Viçosa recebeu os coordenadores das cidades que compõem o Polo Caparaó: Paula Cândido, Piedade de Ponte Nova, Piranga, Ponte Nova, Urucânia e Visconde do Rio Branco com o objetivo de discutir o Primeiro Encontro Regional. Durante o momento, foi estabelecida a distribuição de tarefas e a dinâmica dos trabalhos para o Encontro, que acontecerá na sexta-feira (29), às 13h30, no Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional de Viçosa (CENTEV) uma vez que, em 2019, Viçosa é cidade sede do Polo.

As escolas participantes do projeto no Município são: as escolas estaduais Alice Loureiro, Santa Rita de Cássia, Doutor Raimundo Alves Torres (Esedrat), Raul de Leoni, José Lourenço de Freitas, e o Centro educacional Coeducar.

 

 

Texto: Isabela Monteiro e Paloma Albuquerque

Revisão: Mônica Bernardi

error while rendering plone.comments