Programa Marcelo Andrade recebe apresentação musical da APAE

por Assessoria de Comunicação publicado 15/04/2019 17h30, última modificação 16/04/2019 08h40

Por intermédio da Câmara Municipal, o Programa Marcelo Andrade recebeu, na manhã segunda-feira (15), uma apresentação musical realizada pelo Grupo Integração, composto por 15 membros da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE - Viçosa). A apresentação foi a abertura da exposição de artesanato “Mãos que fazem - Através das minhas mãos eu sinto o mundo” produzida por integrantes da instituição.

A APAE é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos de direito privado, responsável pelo atendimento de Pessoas com Deficiência Intelectual, desde 0 ano até o fim da vida. Trabalha com seis pilares: Saúde, proteção, educação, capacitação, assistência social e autogestão. A mostra “Mãos que fazem - Através das minhas mãos eu sinto o mundo” tem como objetivo divulgar os talentos e habilidades desenvolvidos na Instituição e conta com peças feitas manualmente, confeccionadas pelos alunos da Casa Experimental da APAE de Viçosa, que vão desde vasinhos para plantas até quadros ornamentados. A mostra ficará em exibição no hall da Câmara Municipal até o dia 30 de abril, de segunda a sexta-feira, das 08h às 12h e das 14h às 18h. 

A apresentação contou com a presença do Presidente da Casa Legislativa, Vereador Antônio Elias Cardoso (PTB), do Vereador Idelmino Ronivon (Professor Idelmino) (PCdoB) e do Vereador Helder Evangelista (Cherinho) (PTC). Segundo o Presidente, receber a exposição da APAE é um privilégio e traz delicadeza para a Casa "estamos sempre de portas abertas para receber instituições como essa que, além de realizar um trabalho artístico muito delicado, também exerce um trabalho tão importante para o Município", disse.

APAE

O Programa Marcelo Andrade proveniente da Resolução n° 008/2017, de autoria dos vereadores Brenda Santunioni (Progressistas) e Geraldo Luís Andrade (Geraldão) (PTB), tem como foco a promoção da arte e da cultura por intermédio da abertura da Casa para exposições gratuitas. Os artistas interessados em expor devem entrar em contato com a Escola do Legislativo, que funciona no calçadão, nº 95, sala 501.

 

 

Texto: Paloma Albuquerque

Revisão: Mônica Bernardi

 

error while rendering plone.comments