Tribuna Livre discute Municipalização de Vias

por Assessoria de Comunicação publicado 14/08/2019 11h20, última modificação 14/08/2019 11h50

O cidadão Moacir Evangelista de Souza foi à Tribuna Livre durante a reunião Ordinária de terça-feira (13) para pedir respostas aos vereadores sobre a municipalização de vias no município, e o tema repercutiu entre os parlamentares.

Moacir ressaltou a notícia de que a Prefeitura de Viçosa passará a ter o domínio do Município em alguns trechos das rodovias que chegam à cidade, tirando da competência do Departamento de Estradas de Rodagens (DER) a obrigatoriedade em manter e cuidar dos trechos “o Município e não o Estado terá a responsabilidade de arcar com as despesas de manutenção das vias”, explicou.  O cidadão ainda falou sobre a falta de posicionamento dos vereadores sobre o assunto e questionou a realização de estudos técnicos que definam que a medida é economicamente favorável e que deve ser priorizada “a prova de que o Município está sem recurso é o empréstimo aprovado na Câmara, e há várias ruas precárias em Viçosa que deveriam ser prioridade”, observou.

A Vereadora Brenda Santunioni (Progressistas) esclareceu, em sua fala, a razão de não se manifestar de forma contrária à municipalização “sou a favor, pois há mais vantagens para o Município do que desvantagens, visto que o Executivo terá mais facilidade para fazer alterações que visam o benefício da população”, comentou. O Vereador Edenilson Oliveira (MDB) endossou a fala da vereadora. Já o Vereador Geraldo Luís Andrade (Geraldão) (PTB) ressaltou a insatisfação da população com os serviços prestados pelo DER atualmente “a autonomia do Município traz diversos benefícios que incluem segurança e acessibilidade, mas para isso investimentos se fazem necessários”, disse.

De acordo com o Vereador Idelmino Ronivon (Professor Idelmino) (PCdoB), a municipalização dos trechos apresenta indicativos muito positivos “todos os estudos do Executivo que analisei mostram viabilidade, porque temos dentro do Plano Diretor vetores de crescimento que apontam na direção das vias municipalizadas. Apesar dos gastos, a Legislação Municipal passa a ser respeitada, o que faz com que o Município também consiga arrecadar com a medida”, explicou. O Vereador Sérgio Aloíso (Sérgio Construtor) (PSDC) parabenizou o Executivo pela iniciativa “atualmente temos muita dificuldade em cobrar certas obras no trecho da rodovia, visto que pertencem ao Estado. Com a municipalização, essas obras poderão ser realizadas com mais viabilidade”, comentou.

Para o Presidente da Casa Legislativa, Vereador Antônio Elias Cardoso (PTB), a medida busca intensificar os investimentos nesses locais “o objetivo da municipalização é investir em melhorias para essas vias que garantam mais mobilidade e segurança que irão impactar positivamente toda a população”, concluiu o presidente.

 

Texto: Isabela Monteiro

Montagem: Igor Gama

Revisão: Mônica Bernardi

error while rendering plone.comments