Vereadores apresentam Indicação sobre a situação do HSJB

por Assessoria de Comunicação publicado 14/08/2019 14h50, última modificação 14/08/2019 15h48

Os vereadores Antônio Elias Cardoso (PTB), Presidente da Casa, e Ronildo Ferreira (DJ Ronny) (PSC) apresentaram indicação referente à situação do Hospital São João Batista (HSJB) durante a reunião Ordinária da terça-feira (13).

A Indicação n° 348/2019 solicita que sejam informados a Casa os valores dos repasses feitos pelo Município ao Hospital São João Batista, bem como a prestação de contas do hospital com relação a aplicação dos recursos, dos anos de 2018 e 2019, e são um dos desdobramentos da agenda realizada pelos parlamentares no Ministério Público de Contas do Estado de Minas Gerais, órgão ligado ao Tribunal de Contas, na manhã da quinta-feira (08). Na ocasião, os vereadores se reuniram com o a Assessoria do Subprocurador Marcílio Barenco, que acatou a denúncia com relação às contas do Hospital São João Batista (HSJB), juntando-as ao processo já em andamento e que segue sob sigilo.

De acordo com o Vereador Antônio Elias é necessário ter conhecimento da real situação em que se encontra o hospital, uma vez que a instituição recebe verba municipal, estadual e federal, emendas parlamentares e campanhas beneficentes "precisamos dar esse retorno para nossa população, pois além da questão de atendimento na área da saúde, todos contribuem com o hospital por meio de seus impostos e merecem saber o que vêm ocorrendo", afirmou.

O Vereador DJ Ronny lembrou o mau atendimento aos pacientes, que já foi cobrado por ele anteriormente, em diversas idas aos hospitais locais, citando que a falta de recursos não pode ser usada como desculpa para a situação “há pessoas que deveriam estar sendo internadas e são mandadas para casa. Ficamos horrorizados de ver a forma com a qual as pessoas estão sendo tratadas”, disse

No mês de julho Antônio Elias já havia visitado o Ministério Público de Contas, quando repassou um documento assinado por ele relatando a situação pela qual passa o São João Batista, sendo posteriormente encaminhado a um procurador do órgão que ficou a cargo das investigações.


Texto e montagem: Igor Gama

Foto: Isabela Monteiro

Revisão: Mônica Bernardi

error while rendering plone.comments