Vereadores participam de reunião com o Secretário Estadual de Segurança Pública

por Assessoria de Comunicação publicado 29/11/2019 14h10, última modificação 29/11/2019 14h22

O Presidente da Câmara Municipal, Vereador Antônio Elias Cardoso (PTB), e os vereadores Geraldo Luís Andrade (Geraldão) (PTB), Raimundo Guimarães (PSDB), Brenda Santunioni (Progressistas), e Joaquim Tristão (PTC) participaram, na quinta-feira (28), de uma reunião com o Secretário Estadual de Segurança Pública, General Mário Lúcio Alves Araújo, para tratar sobre a segurança em Viçosa. A reunião fez parte da última etapa do Projeto ‘Visita Técnica e Integração’, um conglomerado de ações que o secretário realizou na cidade.

O encontro contou com a participação, também, de 15 prefeitos, incluindo o Prefeito Municipal de Viçosa, Ângelo Chequer (PSDB), o Deputado Federal Rodrigo de Castro (PSDB), e outras autoridades locais, e ocorreu na sala de reuniões da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Viçosa.

Na oportunidade de fala o Presidente Antônio Elias reforçou a presença e a importância das Associações de Proteção e Assistência ao Condenado (APACs) na sociedade, “a Câmara junto ao Executivo sabe da necessidade das políticas públicas para as APACs. Elas precisam disso para realizar um trabalho de excelência e precisamos dela para melhorar nossa segurança”, informou. Além disso, o vereador prestou apelo a APAC de Viçosa que “realiza um trabalho incrível desde a sua criação, mas que hoje não dá conta de lidar com todos os recuperandos devido a falta de estrutura e apoio de outras instâncias”.

Já o Vereador Geraldão, em seu momento de fala, pediu compaixão aos familiares dos presidiários de Viçosa devido à nova regulamentação do horário de visitas que mudou dos sábados para as quartas-feiras “como foi dito aqui, por conta da carência de funcionários, os horários de visitas passaram para as quartas, mas eu peço desde já que isso seja repensado em prol das pessoas de fora que terão mais uma dificuldade para visitar seus entes queridos que estão encarcerados”, pediu.

Além disso, Geraldão reforçou o repasse desleal que acontece entre os investimentos de segurança pública e os investimentos no processo de prevenção “peço para que tenhamos debates sobre os repasses de recursos, porque, como vemos na Câmara por exemplo, repassamos 190 mil para a compra de um veículo para a segurança pública, enquanto que tem projetos sociais, com potencial para reduzir a criminalidade e a violência, travados a 3 anos por não haver repasse de verba para eles”, finalizou.

A ‘Visita Técnica e Integração’, realizada pelo Secretário Estadual de Segurança Pública, foi uma ação para conhecer e ouvir os problemas que permeiam a temática da segurança na cidade. Por intermédio do projeto, foram realizadas as operações: apresentação de atividades e prestação de contas do presídio; visitas as áreas de trabalho dos detentos; avaliação de humanização e atendimento ao preso; visita a escola formal instalada na cidade; entrega de 15 rádios HT para o presídio; reunião com as forças de segurança locais e regionais e a reunião com entidades e prefeituras de Viçosa e região.  

 

Texto: Thiago Fernandes

Foto: ASCOM/PMV

Revisão: Mônica Bernardi

error while rendering plone.comments