Vereadores falam sobre o resultado das Eleições 2020

por Assessoria de Comunicação publicado 18/11/2020 10h05, última modificação 18/11/2020 14h50

Depois do domingo (15), que reuniu mais de 40 mil votantes nas urnas de Viçosa, os vereadores se pronunciaram sobre os resultados das Eleições 2020 na reunião Ordinária da terça-feira (17). Os comentários voltaram-se para a eleição de Raimundo Nonato Cardoso (Raimundo da Violeira) (PSD) para Prefeito, suas próprias candidaturas, a reeleição do Vereador Edenilson Oliveira (PSD) e aos futuros parlamentares, que irão assumir a Casa Legislativa em 2021.

Primeiramente, os vereadores prestaram congratulações a todos os escolhidos para representar o povo viçosense no próximo ano, além daqueles que concorreram aos postos nos poderes Executivo e Legislativo. Os 6 candidatos a prefeito(a) no plenário fizeram agradecimentos a seus apoiadores, partidos, familiares e amigos. Quanto à conquista de Raimundo da Violeira, foi destacada a quantidade expressiva de votos que recebeu, 13.436 (simbolizando 34,26%), bem como desejos de prosperidade ao retomar seu trabalho na administração pública do Município.

Na perspectiva da Casa Legislativa, dos 15 atuais vereadores 7 buscaram a reeleição, enquanto apenas o Vereador Edenilson obteve êxito, pela terceira vez escolhido, com 712 votos, significando a renovação quase completa da Câmara Municipal. “Sou grato pela confiança da população em meu trabalho de vereança, e espero desempenhar um trabalho que faça jus a tal escolha ao lado do Prefeito eleito, Raimundo, que é do meu partido e valorizará minha experiência e dedicação para melhorarmos Viçosa”, pontuou Edenilson. O Presidente da Casa, o Vereador Antônio Elias (PODE), parabenizou os novos parlamentares, em especial Edenilson, por sua luta em conjunto a favor dos distrito de São José do Triunfo, Cachoeira de Santa Cruz (Cachoeirinha) e Viçosa como um todo. Enquanto isso, o Vereador Geraldo Luís Andrade (Geraldão) (Avante) pediu aos futuros legisladores que “ajam com união para solucionar o contexto de problemas econômicos e previdenciários advindos da pandemia”.

*texto do estagiário Marcelo Zinato sob supervisão de Mônica Bernardi


error while rendering plone.comments