Vereadores falam dos mandatos na última reunião Ordinária

por Assessoria de Comunicação publicado 23/12/2020 19h55, última modificação 24/12/2020 09h39

A reunião Ordinária desta terça-feira (22) marcou o fim da legislatura do quadriênio 2017-2020, e os vereadores da Câmara Municipal pronunciaram-se em tom de despedida e agradecimento, de forma a encerrar seus mandatos com retrospecção e contentamento. Como destaques de tal gestão, o Poder Legislativo economizou R$ 3 milhões no biênio 2017-2018, devolvendo o recurso ao Executivo Municipal, a ser investido nas áreas de saúde, educação, segurança e infraestrutura. Em 2019, a Câmara realizou mais de 1100 ações legislativas, bem como aproximadas 700 ações em 2020, mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia.

Primeiramente, o Vereador Paulo Sérgio (Toti) (Cidadania) expressou sua gratidão. “Obrigado à minha família, aos 13 colegas vereadores e à vereadora, que me ensinaram muito, e às pessoas que confiaram em mim, em 2016, para exercer o trabalho legislativo à minha maneira”, disse, emocionado. Em seguida, o Vereador Ronildo Ferreira (DJ Ronny) (PMN) enfatizou que "é árdua a luta pelo bem de Viçosa, marcada por falhas e perdas, o que faz parte da democracia”. Além deste, o Vereador Raimundo Guimarães (PSDB) afirmou seus 32 anos de caminhada na vida pública, exaltando sua admiração pelo trabalho dos colegas parlamentares.

Em seguida, o Vereador Sávio José (PT) valorizou o companheirismo e a solidariedade existentes na Câmara, assim como as oportunidades de conhecer pessoas, servidores e agentes do bem ao se comprometer com o ‘fazer político’, que lhe rendeu amizades memoráveis. Concordante, o Vereador Sérgio Aloíso (Sérgio Construtor) (PMN), disse que “o aprendizado político ocorre cotidianamente na Casa, bastando seguir o principal papel de legislador, que é estar ao lado da população”.

Pautado ainda em funções, o Vereador Wallace Calderano (PSC) citou que o contrato para construção do Estádio Municipal foi assinado na última semana, pelo Prefeito Ângelo Chequer (PSDB), o qual não convidou para o momento ele e os vereadores Helder Evangelista (Cherinho) (PSL) e Arlindo Antônio Carneiro (Montanha) (PSDB), que conquistaram a emenda a ser investida na estrutura. “Agradeço ao Deputado Estadual Roberto Andrade (Avante), que trouxe a emenda, mas reitero aos novos parlamentares da Câmara que muitas de nossas iniciativas não são vistas ou elogiadas. Mesmo assim, saio feliz e agradecido à população, prezando pela política do bem”, disse.

Em conformidade, o Vereador Montanha engrandeceu a chance de poder trazer emendas que melhorem a qualidade de vida viçosense, mesmo que o reconhecimento não ocorra, citando asfaltamentos e a revitalização da praça no Bairro de Fátima, como suas últimas participações legislativas. Helder relembrou sua luta para trazer o Posto da Receita Federal e a Unidade Regional da Polícia Civil para Viçosa, além de pautas polêmicas as quais ele discutiu, como a instalação de antenas (ERBs). “É preciso coragem para posicionar-se, o que fiz de maneira direta durante os últimos 4 anos em nossas discussões e reuniões”, indo de acordo com Wallace e Montanha no que tange ao não reconhecimento do Prefeito sobre a emenda conquistada.

Sequencialmente, a Vereadora Brenda Santunioni (Patriota) defendeu a necessidade dos gestores públicos darem o mesmo valor a todas as causas e esferas da vida humana. “Por detrás do artesanato que apoio, há famílias. Criando o Centro de Zoonoses, fortaleço a saúde pública. Em todo caso, é preciso respeito”, afirmou emocionada a única mulher eleita no Município em 2016, extremamente elogiada por seus colegas parlamentares. Dialogando com os vereadores eleitos para o quadriênio 2021-2024, o Vereador Carlitos Alves (Meio Kilo) (PSL) pediu que estes “não se apeguem ao poder, mas sim em ações voltadas para o coletivo. Na política não se perde, dá-se oportunidade para que outros representem o povo da melhor maneira possível”, disse, sendo grato pela oportunidade de concluir essa finalidade.

Comemorando sua terceira eleição, Edenilson Oliveira (PSD) reafirmou o aprendizado que as discussões de ideias trouxeram a ele, o qual lutou principalmente pela saúde e infraestrutura de qualidade em nome do povo. “Faço-me incansável enquanto viçosense, na vida pública e no trabalho social, a partir dos quais farei valer os ideais de verdade, honestidade e amor nos anos que virão”, indicou.

Em sucessão, o Vereador Geraldo Luís Andrade (Geraldão) (Avante) ponderou, já saudoso, que “a Casa Legislativa é realmente um lar, para nós e para o povo, onde transpomos divergências a favor de boas decisões, ouvimos e provamos nossa garra”. Já o Vereador Idelmino Ronivon (Professor Idelmino) (PCdoB) engrandeceu o  crescimento econômico e social que a Câmara pôde proporcionar ao Município, confiando no discernimento e na disposição dos próximos parlamentares.

Por fim, o Presidente da Casa, o Vereador Antônio Elias Cardoso (PODE), reforçou a gratidão por todos os seus colegas legisladores, por cada uma de suas famílias, à população pela confiança, para promoção do bem estar público, finalizando com desejos de sucesso aos novos componentes da Casa e com a mensagem de que “a Câmara de Viçosa é sinônimo de transparência e trabalho a serviço de todos!”.

*texto do estagiário Marcelo Zinato sob supervisão de Mônica Bernardi


error while rendering plone.comments