Vereadores se solidarizam com a situação dos comerciantes de Viçosa

por Assessoria de Comunicação publicado 14/04/2021 16h15, última modificação 14/04/2021 16h33
Representação e Indicação são feitas a respeito do assunto

A situação atual dos comerciantes de Viçosa foi motivo de discussão entre os vereadores durante a reunião Ordinária virtual da terça-feira (13/04). O Presidente da Câmara, Vereador Edenilson Oliveira (PSD), iniciou o assunto com a questão da manifestação dos comerciantes pela reabertura do comércio e apresentou a Representação nº 004/2021, de sua autoria, que solicita ao Governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema, que sejam flexibilizadas as medidas adotadas na “Onda Roxa” do Plano Minas Consciente em Viçosa. Os parlamentares se solidarizaram com a questão dos comerciantes e aprovaram por unanimidade a representação. 

Abrindo a reunião, o Presidente Edenilson manifestou a importância da Representação para que o Governador Romeu Zema possa avaliar o cenário em que Viçosa se encontra e repensar as medidas restritivas no Município. “Peço aos vereadores para assinarem este documento que logo será encaminhado ao Governador Zema. A gente não sabe se isso vai trazer algum efeito, mas assim mostraremos para a população e aos comerciantes que estamos juntos com eles. Queremos que todos estejam trabalhando seguindo as medidas protetivas cabíveis dentro da onda roxa, mas com os comércios abertos”. 

Dando continuidade, o Vereador Cristiano Gonçalves (Solidariedade) complementou a questão da manifestação dos comerciantes. “Na segunda-feira (12), aconteceu um manifesto legítimo de todos os lojistas e empresários da nossa cidade, um manifesto garantido pela Constituição. Por volta das 14h, o Vereador Sérgio e eu ouvimos as reclamações dos comerciantes e, em solidariedade à eles, fomos caminhando até o Executivo”, esclareceu Cristiano. Por fim, ele ainda reforçou que “a ‘Onda Roxa’ é uma decisão impositiva do Governador Zema, mas os cidadãos têm todo direito de manifestar e os poderes Executivo e Legislativo podem ajudar fazendo solicitações ao Governador para que ele repense as medidas restritivas ao comércio de Viçosa”. 

Na oportunidade, o Vereador Sérgio Marota (PSL) também parabenizou os comerciantes pela manifestação pacífica e informou que fez a Indicação nº 155/2021, solicitando ao Prefeito Municipal que interceda junto ao órgão competente para que viabilize a implementação de medidas para garantir a saúde econômica dos empresários da cidade, considerados “não essenciais” durante a restrição de atividade imposta devido à pandemia. “Solicitei ao Prefeito Raimundo a implementação de medidas como a isenção do IPTU, ISSQN e da taxa de coleta de resíduos sólidos para as empresas que não estão produzindo. Peço ao prefeito que olhe isso com carinho. Sei que é pouco, mas já é uma ajuda que o Poder Legislativo pode fazer”. 

*Texto da estagiária Laura Fernandes sob a supervisão de Mônica Bernardi 


error while rendering plone.comments